Arquivo da tag: Design

Gimp 2.8 entra em fase final de testes

O GIMP, um dos maiores softwares de edição de imagens de código aberto, depois de anos sem uma nova versão oficial, acabou de ganhar um Release Candidate, que é uma versão de testes finais antes do lançamento oficial.

Gimp 2.8Em produção desde 2009, o GIMP 2.8 traz melhorias necessárias para a adoção da plataforma por pessoas que ainda viam neste programa um tipo confuso de editor. Confira:

  • Modo Janela única, que, opcionalmente exibe imagens e diálogos encaixáveis em apenas uma janela.
  • Grupos de camadas suporte organização de camadas em estrutura do tipo árvore.
  • Editar texto com a ferramenta Text Tool agora é realizada em uma camada, ao invés de uma janela à parte. Misturar diferentes textos em uma mesma camada agora é possível.
  • Salvar e exportar são atividades separadas. A opção Salvar apenas salvará no formato nativo do GIMP, que é o XCF.
  • Entrada de tamanhos agora suporta expressões matemáticas simples, como  “50%”, “30in + 40px” ou “4 * 5.4in”.
  • As engines dinâmicas de pincel foram expandidas consideravelmentem tornando quase todos os aspectos do pincel controláveis por uma infinidade de entradas, todas configuráveis com suas próprias curvas de resposta.
  • Agora é possível salvar os estados de configurações das ferramentas com nomes  significativos.
  • Uma nova ferramenta de transformação Gaiola foi adicionada, a implementação de uma abordagem inovadora para a transformação livre, a qual torna possível deformar objetos usando um quadro definido pelo usuário.
  • Novos widgets, configuração e outras melhorias para dispositivos avançados (como mesas de desenhos/tablets).
  • Agora é possível etiquetar recursos do GIMP, como pincéis.
  • Dezenas de outras melhorias e correções.
GIMP 2.8
Agora, além de janelas únicas, o GIMP abre imagens em abas

Para instalar o GIMP 2.8 RC1 em seu sistema baseado em Linux, baixe o Script de instalação do GIMP, hospedado no GitHub, aplique a permissão de execução e execute-o. O download das dependências e do GIMP poderá ser superior à 400MB.

Download do script de instalação do GIMP 2.8

Para aplicar a permissão de execução, caso esteja utilizando o Ubuntu ou outro sistema que tenha como gerenciador de arquivos o Nautilus, clique com o botão direito do mouse sobre o arquivo, selecione a aba Permissões e marque a opção “Permitir a execução do arquivo como um programa”.

Lembre-se que esta é uma versão de testes do programa, sendo assim, mesmo que em Release Candidate, está sujeito à falhas.

Canonical lança site de design da marca Ubuntu

A Canonical, depois um tempo usando seu próprio sitepara mostrar as futuras inovações em design no Ubuntu, disponibilizou para o público um site completo sobre o “Brand Guidelines” do Ubuntu.

O objetivo do Ubuntu Brand Guidelines é oferecer os meios para padronizar a exposição da marca nos canais de comunicação que a utiliza.

O site está disponível em inglês e disponibiliza fontes, guias, logos, as cores em hexadecimal e outros itens.

Vale lembrar que estamos fazendo o possível para que o livro “Ubuntu – Guia do Iniciante 2.0” siga da melhor forma possível os padrões de branding do Ubuntu e será lançado em Abril.

Para conhecer o site de design do Ubuntu, visite http://design.ubuntu.com/

Ubuntu Font é usada em vídeo comercial

A família de fontes Ubuntu é, sem sombra de dúvidas, uma belíssima “obra de arte” (acredite, ela ficou exposta no museu de arte de Londres) e está disponível para download gratuito.

Usada nos vídeos explicativos do umbarato.com, a fonte mostra a que veio. Confira o vídeo:

Tiago Bragança, mineiro, designer gráfico e diretor de arte e do vídeo acima, que “aluga” seu talento à agência 4Ps , de Vitória – ES, à meu pedido, resumiu em poucas palavras as qualidades da fonte Ubuntu:

Boa leitura, fácil assimilação, design simples, diferenciado e uma família bem completa, com versões em itálico, bold, light e normal.

Confira abaixo o vídeo de sua exposição no Museu de Arte de Londres.

A família de fontes Ubuntu está disponível em caracteres latinos, cirílicos e gregos. Você pode baixar e usar a Ubuntu Font Family gratuitamente e usá-la em seu sistema, independente de ser Linux ou não no site http://font.ubuntu.com/.

Siga este link http://choc.la/29y para conhecer mais do trabalho do designer Tiago Bragança em seu Flickr.

Siga este link www.4ps.com.br para conhecer outros trabalhos da agência 4Ps.

Elementary OS está chegando

Um tema que vem crescendo a cada dia em qualidade de design e de aplicativos associados a ele no lado Linux da força, o Elementary, que vem sendo produzido há alguns meses, está em pré-venda no site do projeto.

Para quem não conhece, o Elementary nasceu da criação de ícones azuis para o Gnome e aos poucos foi ganhando identidade visual como tema para a interface, até receber aplicativos próprios, como o leitor de e-mails Postler, o gerenciador de arquivos Marlin e o gerenciador de contatos Dexter.

O Elementary OS, usa como base do sistema e de repositórios o Ubuntu e em sua primeira versão será chamado “Jupiter” e cada nova versão trará o nome de deuses de diferentes culturas.

 Elementary

Pré compras podem ser feitas no site do projeto Elementary e custa U$ 10 (dez dólares americanos). Este valor será usado para cobrir os custos de impressão e envio do mesmo, mas ainda assim será possível baixar o sistema gratuitamente no site do projeto na ocasião de seu lançamento.

Daniel Fore, conhecido por Dan Rabitt, quem deu o start no projeto declarou no para o blogueiro Joey Sneddon, do OMG! Ubuntu! (tradução livre):

“Jupiter é a culminação de muitas, muitas horas, e acredite ou não, anos de trabalho. É o começo de algo novo e eu acho que nos próximos meses e anos nós iremos não apenas fazer uma marca na Free Open Source Software, mas mudá-lo para sempre”.

“Eu ficaria feliz se 100 pessoas adquirissem CDs e nós os enviássemos, não é sobre fazer dinheiro ou outra coisa (haverá download gratuíto), mas claro que nós sempre podemos sonhar em ter suporte financeiro suficiente para empregar pessoas trabalhando inteiramente no Elementary”.

Fonte: OMG! Ubuntu!

Ideafixa: Arte e design para moderninhos

ideafixa  Nessa semana adquiri o meu exemplar tão querido do livro “Ideafixa Greatest Hits”, uma coletânea com os melhores trabalhos das 11 edições lançadas até meados do ano de 2009 com a partição de 86 artistas nacionais e internacionais com diversas interpretações visuais sobre temas variados, desde sexo, sci-fi até surrealismo e autorretratos.

A caixa do livro traz a irreverente Carmem Miranda mais irreverente do que nunca, a impressão é digna da editora Taschen (embora o livro tenha sido lançado pela editora ARTE E LETRA) e a qualidade do material é excelente.

As revistas podem ser baixadas gratuitamente no blog www.ideafixa.com ou podem ser visualizadas direto no navegador. Em cada edição, as revistras  tratam de um assunto diferente. Sexo, Mulheres, Drogas, Rock’n’Roll e outros. a próxima edição, Nº 16, tratará de “Futebol”.

O livro pode adquirido nas principais livrarias online ou de sua cidade. O valor ao consumidor final é de R$ 80,00

Confira algumas das obras expostas no livro:

ideafixa01 ideafixa02

ideafixa04 ideafixa

ideafixa03

ideafixa06

ideafixa05

Em Vitória – ES, o livro pode ser adquirido na Livraria Logos do Shopping Vitória; Fone 27 3137 2590/2591

Online, pode ser adquirido na Livraria Cultura

Página de Ideafixa no Skoob: http://www.skoob.com.br/livro/sobre/33889

Blog Ideafixa: www.ideafixa.com

————————————————————————Ficha técnica

Título: IdeaFixa
Concepção e organização: Janara Lopes & Alicia Ayala
Editora: Arte & Letra
Capa: Will Murai (caixa) e Janara Lopes (capa)
Projeto Gráfico: Janara Lopes, Heto Carvalho, Editora Arte & Letra
Introdução: Priscilla Foggiato
Revisão final: Janara Lopes & Alicia Ayala
Tradução para inglês: Kevin Ny, Thiago Tizzot
Tradução para espanhol: Sergio Venturini
Impressão: Gráfica Reproset
Nº de edição: 01
Nº de Páginas: 192
1ª edição: 1000 exemplares
Língua: Português, Inglês, Espanhol.
Local e Data de Publicação: Curitiba, PR, Brasil, 2008
ISBN: 978-85-60 499-11-3

Cinema 4D: Galerias e tutoriais

CAMPANHA TV
TV modelada dentro do Cinema 4D por meu amigo Fernando. A Arte final assinada por Kadu

Já falei neste blog antes sobre o software de criação 3D Cinema 4D, que atualmente está em sua versão 11 e é utilizado na PUC.

O Cinema 4D traz recursos excelentes e que deixam o 3D Max comer poeira quando o assunto se resume a facilidade de operação.

Mas nem tudo é tão fácil. Encontrar tutoriais em português para o C4D é complicado. Tem, mas são poucos. Por isso, vou disponibilizar alguns links de sites que contém excelentes tutoriais e downloads de revistas sobre C4D. Enjoy!

Revista C4Des – Revista em español e english com entrevistas, dicas, tutoriais e galeria de artes feitas no C4D.

TutCity – Dezenas de tutoriais que vão desde o básico e efeitos diversos com as ferramentas do C4D.

Cinema4DUser – Galerias, downloads e tutoriais sobre Cinema 4D.

Cinema4D Tips – Site voltado aos usuários de Mac que usam o C4D (os tutoriais servem também para quem usa o C4D no Windows. Possui excelentes tutoriais.

C4DBrasil – Este não tem muita coisa a não ser galeria e fórum em português, mas é muito boa a iniciativa para propagar o software por terras tupiniquins.

Blender: Programa Open Source para a criação de projetos e jogos em 3D de qualidade

Blender 3D
Blender 3D

Ainda não acabou o dia 20 de setembro e é possível falar deste excelente software livre no Dia da Liberdade do Software.

O Blender é um software para criação 3D onde é possível criar animações, maquetes e ambientes interativos e por ser OpenSource, o software é mantido por usuários e profissionais ao redor do mundo.

De primeira, o software parece estranho para um programa de criação 3D, com poucos botões, a impressão que passa para quem é acostumado com Cinema 4D e 3DS é de uma interface espartana, mas que aos poucos revela-se uma poderosa ferramenta de construção onde é possível até mesmo importar arquivos de AutoCad.

Além da facilidade de importação de diversas plataformas de criação 3D, um atrativo do Blender é a completa interação com a linguagem Phyton, que é nativa, de forma que, com linhas de comandos é possível realizar as mais impressionantes tarefas durante a criação e obtenção de trabalhos diferenciados dos concorrentes proprietários.

O Programa é bem leve em relação a outros do gênero. Possui apenas 9Mb na versão para Windows, 13MB para Linux e pouco mais de 17MB para Mac OS, além, claro, de ser completamente grátis.

Para comprovar o poder do Blender, uma equipe criou um curta chamado Big Buck Bunny de aproximadamente 9 minutos, tempo suficiente para mostrar os efeitos possíveis com o software. Uma outra equipe está criando um game completamente feito no Blender com linhas de código Phyton, o “Yo Frankie”.

Continuar lendo Blender: Programa Open Source para a criação de projetos e jogos em 3D de qualidade

Vetorização do Fireworks

Quem pensa que vetores são melhores no Photoshop ou no Corel, e olha de lado o Fireworks…não sabe o que está perdendo…afinal, ele é muito mais prático…

No Photoshop, cada detalhe é uma nova camada, e eu, pessoalmente, considero a ferramenta Caneta dele horrível…

Já no Fireworks, se eu clico uma vez com a caneta na imagem, automaticamente é criado um layer, que eu posso ajustar de maneira simples sua transparência…o Resultado…

Abusando, claro, de Desfoque Gaussiano…

BlogBlogs.Com.Br

O VistaPC (Que não seria um PC)

Recentemente andei pensando, se a Apple não lança o Mac OS para o mercado em geral, mas sim o sistema para seu computador, um casamento perfeito Máquina-Sistema, um feito para o outro…mas…por qual motivo ela não licencia o Mac para PCs também?

A Microsoft, por sua vez, antes do do lançamento do Vista, planejava algo do mesmo jeito, um casamento Hardware/Software que me lembra em partes o o que a Apple faz, só que um pouco mais inteligente em alguns detalhes…Contratou a Carbon Design Group, que já havia feito um ótimo trabalho com o joystick do XBox 360, e a LifeCam para desenvolver o seu design do Micro enquanto o DreamTeam do Vista desenvolvia o sistema…pena que não saiu e ficou no conceito…

Vale lembrar que este projeto é anterior ao iMac atual.

(Detalhe: Repare no teclado que se destaca do micro, no detalhe de Glass no teclado, no mouse que é um Controle Remoto e na base giratória…)

Vista-PC

Vista-Cinema

Teclado-Integrado

Teclado-Destacado

Teclado

Start

Mouse

Fonte: Guia do PC