inkscape-logo

Inkscape: ferramenta Profissional a custo zero

inkscape-logoO Inkscape já foi assunto de um post aqui no Orgulho Geek, mas até pouco tempo, eu o utilizava de forma tímida, quase sempre para utilizar a ferramenta “Clip”, porém, no mês de Janeiro, embora tenha dedicado menos tempo ao blog, ocupei-me por alguns dias a estudar e aprender um pouco mais sobre essa ferramenta fantástica e vou compartilhar alguns resultados obtidos com vocês.

O passado preso

Quem acompanha o blog desde “O Pirata Digital”, pode perceber que o assunto foco do blog mudou em 2010, deixando de ser um blog Windows-Oriented para ser mais Linux-Oriented, porém, boa parte das imagens que eram tratadas desde 2008, época em que comecei a brincar de blogueiro (e que depois tornou-se algo mais sério) eram tratadas e montadas no Macromedia Fireworks 8. O Fireworks foi por um tempo o meu “calcanhar de Aquiles”, mas em 2012 comecei a utilizar aos poucos o Inkscape para montagens e em 2013 estou surpreso com o tempo que perdi.

Apresentando

Para quem não sabe de que se trata, o Inkscape é uma ferramenta de desenho vetorial de código-fonte aberto similar ao Corel Draw. Seus inúmeros recursos colocam essa ferramenta em um nível de qualidade que poucos softwares Open Source ou GPL compartilham.

Inkscape
Inkscape

O formato de arquivos padrão do Inkscape é o SVG – Scalable Vector Graphics – que, dentre outros padrões, é suportado pelo novo padrão HTML5 e sua vantagem, que além de preservar a qualidade de uma imagem independente do tamanho em pixels que você redimensionar, ainda manterá seu arquivo original em um tamanho em disco muito menor do que o padrão CDR da Corel.

As plataformas suportadas

O Inkscape está disponível para Linux, Mac e Windows. Atualmente ele está na versão 0.48.3, mas não significa que seja um alpha ou beta reselase. Você pode instalar o Inkscape no seu Ubuntu através da Central de programas, ou baixar o instalador para seu sistema operacional no site oficial do projeto sem custo algum, enquanto o Corel Draw hoje é vendido em uma suite que não sai por menos R$ 1,300 Dilminhas.

Preços proibitivos para estudantes
Preços proibitivos para estudantes

 

Os exemplos

Não dá pra falar de santo sem contar os milagres, por isso, resolvi seguir alguns tutoriais no começo do uso do Inkscape para aprender a fazer alguns efeitos, depois, segui meu caminho no aprendizado do programa. Embora eu tenha uma enorme vontade de ser designer gráfico, sou apenas um estudante de Análise de Sistemas.

Convite de aniversário
Convite de aniversário

 

A festa é fictícia, pessoal :)
A festa é fictícia, pessoal :)
Lente desenhada no Inkscape
Lente desenhada no Inkscape

 

Ícone do app "Music" do Ubuntu Phone OS
Ícone do app “Music” do Ubuntu Phone OS
Desenho seguindo um tutorial
Desenho seguindo um tutorial

Se eu que não sou designer posso fazer isso, o que será que um profissional consegue fazer? Muitos outros exemplos de arte digital completamente feita no Inkscape podem ser encontrados no DeviantART.

14 opiniões sobre “Inkscape: ferramenta Profissional a custo zero”

  1. O grande problema dos designers, é a preguiça!
    Já na faculdade os futuros designers aprendem nos softwares mais conhecidos, e quando são submetidos ou convidados a testar um outo software, a resposta é praticamente uma só:
    “Não, eu não vou perder meu tempo com um software que ninguém usa, e eu uso o Corel/Ilustrator pirata mesmo, pra mim tanto faz”

    1. Exatamente!
      Lembro-me de ter convidado um amigo designer para fazer um caso de uso com o Inkscape e o resultado poderia ser colocado no livro “Ubuntu – Guia do Iniciante 2.0” com os créditos, mas ele não fez o trabalho e tive de usar uma outra imagem de exemplo.

    2. Esse problema não é só dos designers não. Infelizmente as faculdades estão ensinando a usar um software ao invés de ensinar a técnica e assim os novos profissionais se prendem aos softwares famosos: AutoCAD, Photoshop, Corel Draw, Microsoft Office, MatLab…

      E nunca vi alguém justificar porque esses softwares são melhores (ou insubstituiveis).

      1. Eu no caso o único motivo que eu vejo é o fato desses softwares mais serem mais velhos que os livres.

        Como no caso o CorelDraw que tá no mercado a mais de 20 anos e o Inkscape que só está a 9 anos, acho que isso pesa bastante.

    3. É exatamente por isso que ainda evito esse tipo de programa, porquê você perde muito tempo e dinheiro aprendendo eles e depois pra mudar de software em alguns casos tem muita diferença

      Apesar de se a favor da pirataria, a Adobe agora pretende usar o Creative Cloud, e aposto que agora vai ser mais difícil piratear, ai seria bom ver uma alternativa como essa

  2. Crio sites, mas estou engatinhado nisso ainda e, apesar de não se bom com design, o Inkscape é sempre uma ferramenta que tenho a mão. Conheci ele quando buscava um a alternativa ao Illustrator/Corel no linux e mesmo agora, quando estou novamente no windows, eu não o dispenso por um software famoso pirata.
    Ele e o Gimp suprem minhas necessidades.

  3. Eu uso profissionalmente o Inkscape, muito rápido para fazer as coisas e importa alguns arquivos corel e AI também…

      1. Eu trabalho com inkscape… sou aprendiz, mas já consigo substituir o corel e photoshop pelo inkscape e gimp! Não me arrependo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alteração )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alteração )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alteração )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alteração )

Conectando a %s