Arquivo da tag: EA Store

Promoção de 50% off em games na loja EA

image

Ainda nesta semana eu falei de games e preços baixos (e também de pirataria) e agora, nesta madrugada de sexta para sábado, ao abrir o gerenciador de games da Electronic Arts, descubro uma promoção super tentadora: Ao comprar dois ou mais games da promoção (que não estão sinalizados) você tem 50% de desconto. Aproveitei que eu queria mesmo comprar Need for Speed Shift (R$ 35,90) e Mirros Edge (R$ 23,90) e os selecionei. Para minha maravilhosa surpresa, os dois games, que sairiam por R$ 59,80 sairam por R$ 29,90. Mais que um presente de eu para mim (eita), um presente para meu bolso, visto que na loja, cada um destes games sai por R$ 99, e no Steam sai por U$ 29.99.

compra

Gostou da promoção? Baixe o gerenciador de downloads na página da EA e através dele faça sua compra. Aproveite e divirta-se muito!

image

image

Boa jogatina!

A pirataria de games depende do preço?

Sou um jogador. Não daqueles que jogam horas e horas sem parar, mas sempre que dá vontade, abro meu Steam e jogo o game que me cai melhor ao estado de espírito. Gosto tanto de games que cheguei a comprar World of Goo duas vezes.

Hoje, navegando por sites de games, descobri a loja online da Electronic Arts. Repleto de games novos com preços acima da média das lojas físicas e games nem tão novos assim por preços convidativos. Aproveitei e comprei Spore por R$ 5,90. Sim, Cinco Reais & noventa centavos. O mesmo game que na loja custa R$ 99, no Steam sai por U$ 19.99 (R$ 34,38), na loja da EA sai por R$ 5,90.

Outros games também estão com preços super convidativos, como Burnout Paradise – The Ultimate Box que na Saraiva por R$ 99,90 e no Steam por U$ 29.99 (R$ 51,58), sai por R$ 23,90 na loja online da EA. Mirro’s Edge também.

EA_Download

Assim como o Steam, o site disponibiliza o EA Download Manager, que além de fazer seu download, fica enchendo a boca de água de vontade de comprar mais.

Com este tipo de pesquisa, podemos encontrar excelentes games por preços justos (ao menos para que recebe menos de dois salários mínimos) e nos divertir sem cair para o lado negro da força.
Para a maioria das pessoas que converso sobre games, sempre tenho a mesma resposta: Posso baixar da internet. Pra que comprar?
Já cansei de dar respostas a estas pessoas. Mesmo que um game original esteja na promoção, por menos de R$ 10, 15 reais, muitas pessoas ainda assim não vêem games como um produto a ser adquirido e isto me faz pensar que muitos títulos deixaram de sair para PCs exatamente por causa destas pessoas.

Na janela do Steam abaixo, fora os games que estão com ícones pequenos (Aquaria, Dirt2 (que comprei no Direct2Drive por U$ 6) e Penumbra Overture), todos foram comprados em promoções do Steam. Foram comprados em sua maioria com descontos de 50% no mínimo (exceto Modern Warfare 2, que estava com 33%).

image

 

Megalomania da Sony

Sou contra a pirataria, mas também sou contra a exploração.

A Sony finalmente lançou, com quatro anos de atraso o Playstation 3 no Brasil, fazendo com que grandes redes varejistas deixassem de vender consoles importados e comercializassem a versão nacional com suporte e garantia da Sony. A diferença, claro, está no preço. Em dezembro de 2009 a rede Ponto Frio vendia o Playstation 3 Slim importado por R$ 999. Um preço super atraente em relação ao XBox 360 nacional. Agora as lojas comercializam a versão lançada no Brasil. Preço? 1,999. Absurdo? Não para por aí:

Os games da empresa seguem no mesmo preço dos games do console rival, o XBox 360. Médio de R$ 199,00 para lançamentos, R$ 149,00 para jogos lançados até um ano e entre R$ 69 e R$ 99 para games bem antiguinhos.

Ao adquirir um XBox Arcade (o mais baratinho, de R$ 999) você leva junto mais dois games, incluindo Fable II. Ao comprar um PS3 você não ganha sequer um disco de demonstração.

É compreensível que ela queira explorar o mercado nacional com preços estratosféricos no hardware, mas deveria compensar nos softwares, tornando-o uma opção que embora o custo do aparelho fosse o dobro do preço do concorrente, os games deveriam ser duas vezes mais barato, para compensar.

Por este motivo, vejo com satisfação a comunidade hacker avançando nas técnicas de uso não licenciado do Playstation 3.

E você? Tem algum console? Adquire games regularmente? O que acha da posição da Sony no Brasil?