Arquivo da tag: Mockup

Brasileiro recria visual do LibreOffice

Tudo bem que a notícia pode ser um pouco “Janeiro”, mas muita gente ainda não sabe dela e ainda pode aproveitar para “incrementar” essas ideias.

Um programador brasileiro conhecido por ~pauloup mostrou em seu portfólio no DevianArt algumas artes conceituais de como ficaria o LibreOffice se tivesse de ser remodelado por ele.
As artes ficaram tão interessantes e bonitas que chamaram a atenção até mesmo do famoso blog "OMG! Ubuntu!”, que postou em meados de janeiro um artigo mostrando a arte em destaque. Confira abaixo as mockups:

libreoffice_ui_mock_up_dark_1_by_pauloup-d37dx4a

libreoffice_ui_mock_up_dark_2_by_pauloup-d37dx6o

libreoffice_ui_mock_up_light_1_by_pauloup-d37dxdr

libreoffice_ui_mock_up_light_2_by_pauloup-d37dxfb

Ano passado, o controle da Sun Microsystems, proprietária do OpenOffice passou para a Oracle, que com uma política diferente de levar seus negócios, provocou um cisma entre a empresa os desenvolvedores do projeto, que em sua maioria, sairam do OpenOffice e se juntaram a The Document Foundation, que possui grandes nomes entre seus apoiadores, entre Google, Novell e Canonical.

Recentemente, o OpenOffice voltou a ser um software “comunitário”, mas agora terá de conquistar novos desenvolvedores para continuar a crescer e fazer frente ao LibreOffice.

Assim como o OpenOffice era, o LibreOffice é um produto de código fonte aberto (Open Source) e gratuíto. Possui versões para Windows, Linux e Mac OS e pode ser baixado diretamente pelo site da The Document Foundation.

Mockup: Registro de usuários Ubuntu

É uma eterna relação de informações desencontradas. Pesquisas mostram que o Linux possui menos de 1% de usuários de desktop, outras mostram que podemos ser mais que isso, mas, como saber o que realmente é verdade e o que não é?

Para ter os números nas mãos e direcionar suas campanhas, inovações e outros, a Apple solicita algumas informações ao final da instalação do MacOS, e, em minha opinião, a Canonical deveria fazer o mesmo: solicitar algumas informações aos usuários de Ubuntu em uma nova instalação para direcionar seu trabalho para públicos-alvo. Veja a mockup que eu fiz nesta madrugada.

registro_ubuntu2

Não é doloroso, o usuário coloca a informação que quiser, compartilha o que quiser. Ao final da instalação, já poderá estar logado na rede UbuntuOne, com seus arquivos sendo automaticamente sincronizados (como a imagem de usuário, preferências de sistema, temas, fontes e links pessoais da sources.list). Usuários novos já seriam registrados automaticamente, bastando inserir o e-mail e a senha e pronto.

A informação sobre a ocupação seria utilizada da seguinte forma: A Canonical, de posse das informações sobre que tipo de usuário tem usado seu sistema, poderia fácilmente levar estes números às grandes softhouses e fazer o caminho para que eles venham até nós.

No final da tela, o “Your Ubuntu User number” mostra o seu número de usuário Ubuntu cadastrado na rede UbuntuOne, que, logo, é o número de sua instalação. Já pensou “Dez milhões, duzentos e trinta e sete mil quatrocentos e sessenta usuários”? É um número suficiente pra convencer o Steam, não?

Deixe sua opinião.

Mockup: Sugestão de aplicativo de controle de volume do Linux

O designer DanRabbit vem sugerindo diversas inovações excelentes na interface do Linux. Em especial, do Ubuntu e do Elementary OS. Em seu profile no DeviantART, é possível ver as dezenas de ótimas sugestões de melhoria de interface do sistema. A última delas, um melhor controle de volume das aplicações abertas no sistema.

Controle de volume sugerido por DanRabbit
Controle de volume sugerido por DanRabbit

A mais notável sugestão de DanRabbit, que hoje pode ser usada no sistema através da modificação Nautilus-Elementary é a “breadcrumb” do gerenciador de arquivos, tornando a interface mais limpa e agradável. Veja abaixo uma printscreen de meu sistema com o Nautilus-Elementary:

Nautilus-Elementary: Repare na parte de navegação na barra de ferramentas.
Nautilus-Elementary: Repare na parte de navegação na barra de ferramentas. Parece com a mesma presente na Central de Programas do Ubuntu.

Se a ideia do controle de volume for implementada, será um ótimo complemento para o Ubuntu 10.10. Esperemos que Sir Shutt dê uma olhadela nos trabalhos de Sir DanRabbit.

PS: Para quem se interessar, o programa de visualização de imagens é o Gloobus e pode ser instalado seguindo este tutorial.